Energia Vibracional e Saúde Física , Qual Relação Existe Entre Elas?

Desvendando os Segredos do Relógio Biológico
07/02/2020
Atendimento Online, Faço ou Não Nesta Fase de Confinamento?
06/04/2020

Energia Vibracional e Saúde Física , Qual Relação Existe Entre Elas?

Como podemos falar em Saúde e Energia vibracional ao mesmo tempo?

Está é uma das perguntas que com grande frequência eu recebo antes de meus atendimentos.

Muitos pensam que falar em energia vibracional é entrar no
campo do misticismo e que nada tem relação com ciência. E será que realmente
isso é verdade? Será que podemos falar em energia como aliado a nossa saúde?
Será que a energia vibracional pode ser comprovada pela ciência?

Quando começamos a nossa busca pelo autoconhecimento
começamos a perceber que precisamos olhar com bastante carinho para nosso corpo
físico, pois é ele que nos proporciona realizar o que a nossa mente e
pensamentos criam. Mas ao mesmo tempo, precisamos ficar atento ao nível de
energia colocada em cada coisa, para entender até que ponto  iremos avançar ou paralisar.

Você já está apto para perceber sua energia? e perceber sua energia vibracional?

A sua percepção é aumentada dia após dia quando você começa a se conhecer, olhar com carinho para dentro de si mesmo, entender seus pensamentos, comportamentos, emoções …  Assim você entenderá o que irá diminuir ou aumentar a sua energia pessoal e entrará em sintonia com as necessidades do seu corpo, mente e espírito.

Já percebeu que tem lugares, pessoas e até mesmo determinadas situações de nosso dia a dia que fazem com que tenhamos a sensação de perda de energia? Pois é! Você percebe porque existem vibrações que te levam a esta percepção.

Tudo que existe hoje tem energia, e esta energia pode ser chamada de energia vibracional e ela pode ser medida em Hertz (unidade eletromagnética relacionada a energia).

Vamos pegar um exemplo para que você comece a entender
melhor – um alimento. Atualmente podemos citar vários alimentos que conseguimos
encontrar no supermercado nas versões in natura, processados, congelados,
etc.  Em cada etapa citada, o alimento
terá um tipo de energia diferente, concorda?

Cada alimento tem um determinado nível de vibração em Hertz. Um alimento em seu estado natural tem uma energia vital muito maior do que um que já passou por um processo de industrialização. Produtos orgânicos tem uma energia vibracional maior que as frutas e hortaliças que sofreram a ação dos agrotóxicos sendo produzidos de maneira convencional.

Agora pense nos alimentos enlatados e nos geneticamente modificados, Estes vibram em Zero Hertz.

Trazendo isso para a relação com nossa saúde, devemos sempre ter em mente que devemos consumir as frutas e verduras da estação, alimentos crus ou preparados sem adição de muitos temperos e conservantes, sempre pensando em ter uma alimentação mais saudável possível, pois nosso alimento irá interferir em nossa energia vibracional – ou ele irá aumentar a energia ou pode agir diminuindo. E tudo depende de nossas escolhas.

E onde que entra a energia vibracional e a saúde?

Os novos conceitos de medicina vibracional vieram para nos trazer estas explicações e é esta medicina que nos mostra a relação entre energia vibracional e saúde.

A medicina vibracional está relacionada com a saúde ou a
doença do corpo, dos pensamentos, emoções e até mesmo se relaciona um pouco com
nosso lado espiritual.

A medicina vibracional estuda nosso campo bioenergético  que pode ser entendido melhor como as
alterações positivas ou negativas de nosso corpo, excessos ou deficiências, que
podem gerar vibrações que perturbem esta harmonia, o equilíbrio ou também
podemos chamar de o fluxo natural de energia de nossa saúde.

Quando entendemos destes conceitos de energia vibracional,
de medicina vibracional, precisamos também estar cientes de que o processo de saúde,
doença ou cura estão envolvidos em uma responsabilidade pessoal, fruto de
nossas escolhas.

A cada escolha que nós estamos fazendo, e isso vai desde
alimentos, ambientes, pessoas e até pensamentos, estamos produzindo mudanças
químicas que tem seus efeitos em nosso corpo. Estes efeitos podem ser negativos
ou positivos, conforme as nossas escolhas.

Pensamentos tristes, baixa auto estima, negativismo podem
nos trazer desconfortos no futuro, o que podemos associar a doença.

Já as emoções positivas, a alegria, o amor, a boa vontade,
usar bem de nossos talentos, estes podem equilibrar nossa frequência vibratória
e nos trazer mais saúde.

Cada vez que seu corpo está cumprindo com o propósito que se
destina que é o de ser perfeito e estar em harmonia, você entra em estado de
equilíbrio. E quem hoje em dia não busca uma vida em equilíbrio?

Quando o corpo físico 
vibra com frequências baixas, ele enfraquece e não consegue forças para
aumentar  sua vibração, se harmonizar
sozinho e você precisará de um sistema de cura que devolva a frequência
vibracional que seu organismo perdeu para recuperar a harmonia e o equilíbrio.

Para isso existem vários aliados na medicina vibracional bem como também as práticas integrativas, medicina ortomolecular, terapia floral, meditação, exercícios, relaxamento, ajuda psicológica,  respiração consciente, trabalhar comportamentos e hábitos, entre outros tratamentos.

Listo aqui 4 sugestões sobre o que você pode fazer para aumentar sua energia vibracional e ter mais saúde:

1- Cuide de seus pensamentos – Todos os seus pensamentos geram emoções e estas podem mais tarde gerar doenças. Utilize este poder que você tem de pensar para sempre vibrar no positivo. Quando forças contrarias chegarem em função das circunstancias que nem sempre dependem de você, entenda que é uma questão de escolha continuar com os mesmos pensamentos e sentimentos. A próxima vez que um pensamento negativo chegar até você, reconheça e coloque uma forma de pensar positivamente sobre o tema.

2- Cuide com as palavras que saem de sua boca – O som emite uma frequência muito forte e por isso o ditado popular diz, de forma sábia, “as palavras tem poder”.  Além disso, aquilo que você fala influencia as outras pessoas ao seu redor. Que tipo de influenciador você deseja ser? Não desperdice seu tempo reclamando, use se energizando. Concordo que este é um item que requer muita energia, e eu vivo me policiando neste sentido, afinal são 46 anos  que tenho de vida, e muitos deles, sem entender meus padrões. As derrapadas podem acontecer, mas você ficar caído no caminho é  opção!

3- Esteja cercado de pessoas que tenha a vibração melhor ou mais alta que a sua – O ambiente que você vive mostra muito sobre os resultados que você tem em sua vida. Observe que tipo de energia as pessoas que mais convivem com você estão emanando. Vale a pena estar cercado de pessoas que não acrescentam na sua vida e sua saúde? Certamente você não poderá mudá-las, mas com certeza se você mudar a sua energia, você irá influenciar positivamente as pessoas ao seu redor também.

4- Sinta a gratidão – não gratidão que muitos falam por ser uma palavra que está na moda, mas aquela gratidão que vem da alma, do coração, que você sente após respirar profundamente e esta energia se transmite por todas as células do seu corpo.

Experimente todos os dias agradecer por 10 coisas que aconteceram no seu dia. Agradecer até mesmo por aquilo que nem foi tão bom assim, mas que gerou vários aprendizados para você . 

A gratidão eleva muito a sua energia em Hertz e na escala de Hawking, que fez uma escala de níveis de consciência do ser humano, ela tem a frequência de 500Hz – e só para constar, a maioria das pessoas vivem atualmente abaixo dos 200Hz.

Gostou das dicas? É este um tema que você deseja que eu explore mais? Deixa sua opinião aqui nos comentários?

Quer entender como eu calculo a energia vibracional?

Deixe seu comentário aqui abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Este Conteúdo é Protegido !!
BeTheme WordPress Theme