Diretrizes para Alimentação Saudável Reino Unido 2016

Como Cativar Clientes e Praticar a Reciprocidade
29/04/2017
Quanto Tempo Leva Um Atendimento de Qualidade?
01/05/2017

Muito se fala sobre  dieta ideal, sobre a melhor forma de manter o peso, ter o corpo ideal, perder peso com saúde, etc.

 

Porem precisamos entender que além de mudanças na alimentação precisamos mudar algumas percepções relacionadas a forma com a que conduzimos os nossos hábitos alimentares.

 

Estava fazendo uma pesquisa na internet e encontrei  um relatório sobre um Fórum realizado no Reino Unido com o objetivo de solicitar ao governo Inglês uma mudança radical nas diretrizes alimentares. Claro que rendeu muita polêmica, pois algumas sugestões estão em desencontro sobre o que é de hábito na população mundial.

 

 

Abaixo transcrevo um pouco sobre o que fala a introdução deste relatório: 

 

“Depois de 250 mil anos de evolução, os humanos tornaram-se uma espécie saudável,

bem nutrida e com longa expectativa de vida. Mas, em apenas 30 anos, as coisas

evoluíram catastroficamente mal, com epidemias de obesidade e diabetes tipo 2,

intocadas pelas políticas vigentes, e que provavelmente irão reduzir a expectativa de vida

e quebrar os sistemas de saúde.

Este relatório representa uma potencial mudança destas políticas falhas,

e recomenda alternativas que têm probabilidade de reverter alguns

dos efeitos contraproducentes das políticas recentes. 

Solucionar a epidemia de obesidade e suas consequências adversas para a

saúde,tais como o diabetes tipo 2, é o desafio mais importante da

saúde pública nos dias de hoje.

A obesidade tem custos diretos para o Serviço Nacional de Saúde de mais

de 6 bilhões de libras por ano.

O diabetes tipo 2 tem custos diretos e indiretos da ordem de 20 bilhões de libras e,

se não houver uma ação efetiva, este este preço provavelmente irá dobrar

nos próximos 20 anos (1). Nos Estados Unidos, o custo do diabetes

disparou recentemente, atingindo 245 milhões de Dólares em 2012. “

 

 

 

Como Profissional de Saúde não podemos ficar parados frente a essa

crescente epidemia que preocupa o mundo todo!

 

 

 

Precisamos estar capacitados para entender o que se passa na cabeça de nossos pacientes e fazer a mais completa orientação farmacêutica. Entender a realidade, os hábitos, costumes e os sentimentos que fazem com que o corpo carregue um peso que não é dele.

Se concordo ou não em 100% destas diretrizes, não vem ao caso neste momento.

 

O que importa agora é que o seu paciente pode TAMBÉM estar lendo esse artigo.

Você como autoridade em saúde e o profissional de maoir acesso à população precisa estar informado sobre o tema.

 

Abaixo listo alguns dos tópicos abordados nessa diretriz:

 

  • Comer  gordura não engorda.

  •  Gorduras saturadas não causam doença cardíaca. Os laticínios integrais são provavelmente protetores.

  • Alimentos processados que contenham no rótulo “baixa gordura”, “light”, “baixo colesterol” ou “comprovadamente reduz o seu colesterol” devem ser evitados.

  • Limite os carboidratos refinados e o amido para prevenir e reverter o diabetes tipo 2

  • A quantidade ideal de Açúcar a ser consumido, para a saúde, é zero

  • Óleos vegetais obtidos por refino Industrial devem ser evitados

  • Pare de contar calorias (o pensamento focado em calorias causou danos à saúde pública).

  • Você não pode consertar uma dieta ruim como exercício.

  • Comer Lanches com frequência fará você engordar (sua avó tinha razão!)

  • A nutrição baseada em evidências deve ser incorporada aos currículos educacionais de todos os profissionais da Saúde.

 

 

 

 

Neste LINK tenha acesso ao texto por completo.

Leia atentamente o embasamento teórico e científico que levaram aos pesquisadores a sugestão para as alterações nas diretrizes alimentares no Reino Unido.

 

 

 

Lembre-se que um dos papéis fundamentais da Profissão Farmacêutica é a Educação em Saúde! Cumpra com seu papel!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Este Conteúdo é Protegido !!
BeTheme WordPress Theme